terceiro_dia_22

O que seria da humanidade se não conhecesse os atributos de uma mãe? O perdão, a bondade, a bem-querença? Realmente viveríamos nas trevas de uma brutalidade sem nome.

Esses predicados, e muitos outros, Deus quis reuni-los nessa criatura chamada mãe, para que o ser humano mais facilmente tivesse noção da bondade divina.

Mas Deus não se contentou até dar uma única mãe a todos os homens e, mais ainda, em tê-la Ele mesmo para Mãe — e desta vez com maiúscula, porque é a Mãe das mães –, a Mãe de Misericórdia, na qual condensou todos os atributos maternais em grau sumo: Maria Santíssima.

Conheço uma varão digno de muito respeito que afirmava: “Se não tivesse conhecido a misericórdia de Nossa Senhora, com certeza teria enlouquecido ou já teria morrido”.

Pois bem, o tema do último dia do Curso de Férias dos Arautos não podia estar melhor escolhido: Mãe de Misericórdia. Ressaltar o papel dessa atributo mariano, exemplificado com belíssimas encenação de perdão, de amparo e de socorro da Mãe das mães.

No final foi distribuído um belo quadrinho de Nossa Senhora como lembrança desse dia.

Não duvidemos, pois, em recorrer a Ela, em todas as nossas dificuldades, como fizeram os personagens das peças teatrais que aparecem nestas fotos!