A meados de Agosto, o conjunto de estudantes do 2º ano, pertencente ao colégio internacional Arautos do Evangelho –  Thabor, visitou, na cidade de São Paulo, o célebre Convento da Luz e seu museu de arte sacra.

A abençoada igreja do convento é privilegiada por resguardar os restos mortais do primeiro santo canonizado, oriundo desta terra de Santa Cruz: Santo Antonio de Santana Galvão. Contruída em estilo barroco, muito próprio àquela época, o templo atrai a devoção de inúmeros fiéis, os quais o visitam diariamente, a fim de se beneficiarem das bençãos desse local e também para pedirem às religiosas – cuja clausura é um monumento de fidelidade em meio à moderna São Paulo – as famosas pílulas de Frei Galvão, as quais tem alcançado inúmeros milagres e cujo segredo, além da intercessão do santo, é a frase nelas contida: “Post partum Virgo inviolata permansisti. Dei Genetrix intercede pro nobis” – após o vosso parto, ó Virgem, permanenceste sempre intacta. Santa Mãe de Deus intercedei por nós! 

O Pe. David Ritchie juntamente com a  professora de História, Maria Helenice, levaram o mencionado grupo de alunos ao Convento da Luz, a fim de rezarem diante do túmulo de Santo Antonio de Santana Galvão e conhecerem o museu de arte sacra onde se conservam, além de valiosas imagens e objetos sacros, também as relíquias desse grande santo e motivo de glória para todo o Brasil.

Texto: Sebastián Correa Velásquez / FotosJoão Paulo Rodrigues